Blog
03/10/2011 12:10

Pra começar...

Motivo


Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.


Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.


Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
— não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.


Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
— mais nada.

Cecília Meireles.

 

Um projeto, um sonho, um objetivo... todos nós temos um motivo para nos empenhar. Quem sabe, talvez, o destino se encarregue de nos fazer encontrá-lo.

Começo o texto do site através das palavras maravilhosas da admirável Cecília Meireles que sabiamente expressa o que nos move a alcançar um propósito.

Muitos me perguntavam por qual motivo eu resolvi ir adiante neste site. Leia esse belo poema e entenderá.

É o que eu sempre digo: para a realização pessoal só é necessário existir.

Sejam bem-vindos!